Como acabar com os cabelos ressecados

07 abril 2021

Poluição, cloro, exposição ao sol e muita química podem deixar até o cabelo oleoso bastante ressecado. O ressecamento pode acontecer porque o pH do cabelo se alterou, as cutículas capilares estão dilatadas e desprotegidas ou porque o cabelo perdeu seu revestimento natural de gordura, ficando seco e sem brilho. Fios com comprimento superior a 10cm recebem menos nutrientes do couro cabeludo...


Use o xampu adequado

O cabelo ressecado por conta de tratamentos químicos (tintura, luzes ou progressiva, por exemplo) fica mais alcalino que o normal. Isso faz com que as escamas fiquem mais dilatadas e sofram com maior intensidade os efeitos do sol e da poluição, fatores que deixam o fio ainda mais ressecado. Por conta disso, o ideal é usar xampus que tenham o pH mais ácido (entre quatro e meio e cinco e meio), ou então um xampu neutro. Em casos mais graves, no entanto, o xampu neutro pode não resolver os danos do cabelo ressecado. Nessas situações, o ideal é dar uma ida ao salão ou o uso de xampus profissionais, que possuem a indicação do pH no rótulo.

Condicionador para o seu tipo de cabelo

Existem vários tipos de cabelo ressecado. Há aqueles que ressecam apenas nas pontas ou na raiz, existem os cabelos que são oleosos na raiz e ressecados nas pontas e fios que se tornam totalmente ressecados, geralmente por conta da química aplicada. Por isso, o ideal é que o condicionador escolhido respeite as características do cabelo, do contrário ele pode resolver o ressecado em um ponto e deixar o cabelo oleoso em outro. Para descobrir o condicionador mais adequado para o seu tipo de cabelo, verifique o rótulo ou pergunte a um especialista.

Cuidados na lavagem do cabelo

A indicação dos especialistas é que a temperatura da água seja de morna para fria no caso de cabelos ressecados. Quando em contato com a água mais quente, a gordura que reveste o fio é removida, e ela é a responsável por deixar os cabelos sedosos. Além disso, a água muito quente abre a cutícula do cabelo, deixando-o mais suscetível ao sol, à poluição e a todos os outros agentes que ressecam os fios. Com a temperatura do chuveiro mais amena, o couro cabeludo não produz mais sebo que o necessário, evitando inclusive que a raiz oleosa.

Não esqueça as hidratações no salão

Cabelos ressecados precisam fazer hidratação e cauterização com um profissional a cada 15 ou 30 dias, dependendo do ressecamento. Pessoas que aplicam química no cabelo precisam de hidratações mais frequentes, ao passo que alguém que apenas sofre as ações da poluição pode adotar uma frequência menor. A hidratação devolve a gordura aos cabelos, ao passo que a cauterização reconstrói as proteínas dos fios. Lembre-se sempre de aplicar produtos adequados ao seu tipo de cabelo e ao tipo de ressecamento.

Aplique um leave-in


Assim como a pele que precisa de protetor solar, o cabelo também sofre os efeitos da exposição aos raios ultravioletas. Hoje nós contamos com cremes para pentear ou cremes sem enxágue que não deixam resíduos e selam as cutículas capilares, evitando que o cabelo fique mais ressecado. Ele explica que até mesmo uma pessoa que não tenha os cabelos ressecados deve investir no leave-in para prevenir o problema, mas para os fios que já estão sofrendo esses efeitos o leave-in é essencial. Escolha um produto de acordo com a sua necessidade e seu tipo de cabelo, com agentes que protejam contra as ações do sol ou do cloro.

Lance mão dos séruns

Produtos para cabelo à base de silicone, como reparadores de pontas, contêm substâncias responsáveis pelo selamento de cutículas, ajudando o cabelo a se recuperar. De acordo com os especialistas, mais importante que ter o sérum é saber como usá-lo. O correto é aplicar após o banho, como um finalizador do processo, e nunca confundi-lo com um protetor térmico. Apesar do brilho que você nota após a prancha, seu cabelo foi frito. Os fios vão começar a quebrar e perder totalmente o brilho, os séruns podem ser substituídos por óleos, como o de argan e o de semente de linhaça, que vão oferecer os mesmos efeitos. Mas siga a ordem de aplicação: óleo e secador primeiro, até os fios ficarem completamente secos. Só depois, passe a chapinha.

Faça máscaras de hidratação em casa


Para os cabelos ressecados é recomendada a aplicação de máscaras de hidratação cerca de duas vezes por semana, no lugar no condicionador. Após sair do banho, retire a umidade do cabelo e aplique a máscara, alertando que passar o creme nos cabelos muito molhados só faz a máscara escorrer pelo cabelo, em vez de penetrar nos fios. Caso você aplique a máscara em casa, a hidratação no salão é recomendada só uma vez por mês.

Invista nas ampolas de hidratação

Rápidas e práticas, as ampolas de hidratação tem ação imediata, diferente das máscaras, que precisam agir no cabelo durante alguns minutos. Esse produto possui micropartículas que penetram no fio instantaneamente, proporcionando uma hidratação relâmpago. As ampolas revestem os fios com a gordura necessária, selam as cutículas capilares e realinham o cabelo. Os produtos utilizados no salão possuem uma ação mais forte, mas as ampolas compradas na farmácia irão proporcionar o mesmo efeito. Se você usa as ampolas para hidratar os fios, diminua a frequência de hidratações no salão para trinta dias.

Dicas para cortar o cabelo em casa

31 março 2021

Quem me conhece sabe, eu não gosto de ir em salão de beleza!
Já tive vários traumas e acidentes em salões e acabei preferindo aprender e fazer quase tudo em casa, sozinha!
Raramente vou em salão e agora na Pandemia é que eu não vou mesmo... hehe

Principalmente para cortar os cabelos, as pessoas nunca obedecem a quantia que a gente quer cortar e acabam cortando muito...



Então resolvi compartilhar com vocês, que também tem esse problema com salão de beleza, umas dicas que eu aprendi, que dão super certo e são muito fáceis...

Cabelo em camadas:


Para cortar cabelo em camadas, siga estes passos: faça um rabo de cavalo bem penteado e esticado, com todo o cabelo na parte frontal da cabeça, acima da testa, ou seja, em vez de colocar o rabo de cavalo para trás como costumamos fazer, faça o rabo em cima da testa. Com uma tesoura própria para corte de cabelo, apare as pontas de uma só vez, na quantidade desejada, em um corte reto. Depois solte os cabelos. Cortando assim, eles ficarão em camadas.


Cabelo repicado:

Para quem prefere os fios repicados, veja como cortar cabelo sozinha passo a passo: jogue todo o cabelo para frente e penteie muito bem. Quando ele estiver bem esticado, corte em linha reta. Quanto mais você cortar, mais repicado o seu cabelo ficará, e não se assuste se o seu cabelo for comprido demais e parecer que vai ficar curtinho. Na realidade, você está apenas tirando as camadas de cima do cabelo. Para evitar erros, corte longe da mecha da nuca dela para não diminuir muito o seu comprimento.

Cabelo em V

Como cortar cabelo sozinha em V em casa também é possível, assim como os cortes acima são. Parta o cabelo ao meio, em duas partes exatamente iguais. Penteie muito bem uma das partes, segure firmemente a parte penteada e corte-a reto no tamanho que você quiser. Repita a operação com a outra mecha. Quando soltar, seu cabelo estará em V.
Cabelo curto:

Como fazer um corte de cabelo curto em casa? Será que dá certo? Dá sim! Cortar cabelo curto sozinha é possível, seguindo esses passos básicos: use dois espelhos de forma a conseguir visualizar a parte da frente e a parte de trás do seu cabelo. Escove muito bem o seu cabelo, meça mais ou menos o tamanho que você quer deixar os fios, junte os cabelos no topo da cabeça, no centro. Torça o cabelo bastante e depois passe a tesoura na mecha torcida. Não comece muito curto para não se arrepender, é melhor ir encurtando aos poucos do que cortar demais.


Cabelo cacheado:

Cortar cabelo cacheado sozinha também não é uma missão impossível. Apesar de ser um cabelo um pouco mais difícil, os cachinhos também podem ser cortados e moldados em casa, sem medo.

Com o cabelo molhado, penteie todo para frente e amarre com um elástico, perto da testa. Estique bastante, pois o cabelo cacheado não fica reto tão facilmente quanto o liso. Escolha o comprimento em que deseja cortar, e bem na linha em que você vai cortar, coloque outro elástico, preso bem firme. Com a tesoura na diagonal (quase vertical, ou seja, quase em pé) vá cortando aos poucos até ficar reto. Lembre-se que os cabelos cacheados encolhem quando secam, então calcule o tamanho levando isso em consideração em como cortar cabelo sozinha.

Truques com o secador de cabelo

24 março 2021

Como todo mundo sabe o secador é o melhor amigo da mulher! hehe
Abaixo você vai ver alguns truques para você fazer com o seu secador!


Para dar mais volume:

O secador de cabelo pode criar inúmeros efeitos nos fios. Madeixas volumosas, por exemplo. Primeiro não é recomendável lavar o cabelo com condicionador, pois deixa os fios pesados. Depois tire a umidade do cabelo com a toalha e aplique um pouco de mouse. Esse produto vai ajudar a modelar os fios. Você também deve usar produtos antitérmicos para preservar o cabelo. 

O segredo do volume é trabalhar bem a raiz. Escová-la de forma a levantá-la, na direção contrária, cria volume na região. Se você deseja volume lateral na franja, por exemplo, faça a escova do lado contrário ao movimento natural dela. 

A escova certa para o seu tipo de cabelo é fundamental para que os efeitos dêem certo. A escova e a forma de direcioná-la vão interferir mais do que a potência do secador. O segredo é a escova certa. Cada tipo de cabelo tem a sua. A escova vai aumentando conforme o tamanho do cabelo e têm cerdas que alisam mais os cabelos lisos, outras indicadas para os crespos. Vale pedir a orientação do seu cabeleireiro para escolher a certa para você. 

Ondas perfeitas:

Você escova o cabelo e, no final, separa vários gomos e roda-os na escova fazendo o movimento de 360º, jogando o vento de cima para baixo, de baixo para cima. Depois, pegue um pente de dentes largos e separe os gomos. O outro truque para conseguir este efeito é o famoso “dedinho”: Com o cabelo escovado, enrole os gomos com o dedo e direcione-os para cima ou para os lados. A intenção é fazer pequenos cachos. Não se esqueça de usar o mouse, ele é fundamental para modelar o cabelo. 

Depois, jogue vento frio e use um pouco de pomada. Com a pomada, penteie com os dedos o cabelo. A pomada ajuda a disciplinar os fios.

Liso escorrido:

Quando tiver finalizado a escova, penteie os fios com uma escova raquete. Isso vai reduzir o máximo de volume. Depois, use este tipo de escova para finalizar, direcionando o calor na separação das cerdas. 

Você tem dificuldade de fazer escova? Para quem tem cabelo mais liso, o ideal é estar com o cabelo úmido. O crespo deve estar mais encharcado, para disciplinar os fios. E um truque para disfarçar as pontas: Deslize a escova no mesmo lugar. É o que chamamos ‘patinar’. O calor sela a cutícula do cabelo e o deixa com mais brilho. 

Cachos valorizados:

O segredo para deixar os cachos bem definidos é usar um difusor adaptado no secador. Use um leave-in ou mouse, na ponta do cabelo. Para o cabelo crespo, é importante usar um protetor que seja mais gorduroso. Separe o cabelo com um pente largo e posicione o difusor embaixo, empurrando de baixo para cima.

Movimento:

O cabelo pode ganhar mais movimento com as pontas para fora, por exemplo. Por isso, capriche na finalização das mechas movimentando a escova regularmente em 360º. No entanto, também depende do corte. Quanto maior e mais inteiro estiver o cabelo, menos ondas e movimento ele terá. 

Lembre-se: não deixe o secador parado por muito tempo ou encostado nos fios para não  
queimá-los.

Como acabar com a caspa

17 março 2021

Caspa é uma coisa desagradável, que de tanto a gente coçar é perigoso machucar o couro cabeludo.


Ninguém gosta de admitir (nem precisa!), mas mais gente do que você imagina – as estatísticas falam em 40% da população– sofre com a descamação no couro cabeludo. Usar roupa preta nem pensar? Nada disso! A solução é fácil.


Chamada pelos dermatologistas de dermatite seborreica, a caspa é caracterizada por uma renovação acelerada das células do couro cabeludo. Isso faz com que elas descamem com mais facilidade, formando aquela poeirinha branca que cai nas costas e nos ombros. Nos quadros mais intensos, há a presença de uma inflamação, que pode causar coceira, vermelhidão e feridas na área afetada. A solução passa pelo uso de cosméticos específicos e mudança de hábitos. 

Xampu sob medida

A caspa não tem cura, mas é bem controlada com o uso de xampus à base de ativos que diminuem a oleosidade, ajudam a diminuir a descamação e ainda combatem fungos e bactérias que estão em desequilíbrio no couro cabeludo. Procure no rótulo por cetoconazol, ácido salicílico, piroctona olamina e alcatrão. Algumas marcas disponibilizam duas versões: para caspa seca ou oleosa. A seca é caracterizada basicamente pelas escamas. No segundo tipo, a oleosidade fica mais evidente, deixando os fios da raiz engordurados e as escamas presas no couro cabeludo.

O jeito certo de lavar 

Exagerar na quantidade de xampu acreditando que isso vai ajudar na limpeza é roubada. O excesso do cosmético pode fragilizar o cabelo porque, além da sujeira, remove a proteína dos fios e irrita o couro cabeludo – despeje uma quantidade equivalente a uma moeda de 1 real se o seu cabelo for médio ou longo e a metade, se for curto. Também não vale botar força no esfrega-esfrega: isso ativa a produção de óleo pelas glândulas sebáceas, causando um efeito rebote (mais oleosidade). Massageie a cabeça com a ponta dos dedos e nunca com as unhas, o que pode formar feridas. Dispense o uso do condicionador ou espalhe-o o apenas nas pontas. Uma ducha de água morna a fria deve finalizar o banho – água quente demais também estimula a produção de oleosidade.

Nada de ressecamento

Os cosméticos para tratar a caspa evoluíram muito. Antes tinham cara e cheiro de remédio, mas, hoje em dia, as fórmulas oferecem boa cosmética, ou seja: fazem uma espuma gostosa e tratam o problema sem ressecar nem endurecer os fios. Você até encontra xampus anticaspa em duas versões: uma para cabelo seco, outra para oleoso. Mesmo assim, se preferir, pode deixar esse tipo de xampu (que deve ser aplicado três vezes na semana) para lavar o couro cabeludo e utilizar o seu de uso habitual para o comprimento.

Alimentação tem tudo a ver

Como o excesso de oleosidade do cabelo é um dos gatilhos para o problema, o que você coloca no prato pode ter relação com a caspa. Evite consumir alimentos gordurosos, como fritura, chocolate, creme de leite, por exemplo. Para desintoxicar o organismo, os fitoterapeutas recomendam beber chá de hamamélis, planta com ação antisséptica. Ou enxágue a cabeça com a infusão.

Deixe as manias de lado

Algumas medidas são recomendadas para evitar que a caspa se intensifique. A primeira é não mexer nos fios e no couro cabeludo constantemente. A mania aumenta a produção de óleo. Nunca durma com os fios molhados – o couro cabeludo úmido facilita a proliferação de fungos e bactérias. Chapéu ou boné também pode agravar o problema, porque abafa a cabeça. No verão, use-o, sim, mas com moderação.

Esfoliação na cabeça

Já existem à venda esfoliantes específicos para o cabelo (encontrados em farmácias e supermercados). Utilize-os uma vez por semana para controlar a oleosidade, prolongar a sensação de limpeza, ajudar a desprender as células que estão descamando e auxiliar o nascimento de fios mais fortes. Faça assim: aplique o produto na raiz e, com a ajuda de um pente fino, espalhe-o por toda a cabeça. Massageie com a ponta dos dedos, inclusive próximo à nuca. Enxágue o cabelo no chuveiro e, com o pente fino, remova o excesso de grânulos conforme for desembaraçando as mechas. Finalize com uma ducha fria.

E o mais importante, todas as pessoas com caspa não devem ficar constrangidas pois isso é um problema comum de qualquer pessoa que tenha cabelo, os únicos livres dessas caspas são os carecas que não se preocupam em ficar lavando a cabelos todos os dias... rs

Receita Farofa com Calabresa e Pimenta Biquinho

13 março 2021


Ingredientes:

250g de linguiça calabresa sem pele;

3 ovos;

1 cebola média;

100g de azeitona picada ou palmito picado;

10 a 15 und. de pimenta biquinho sem as sementes (de preferência crua, sem curtir);

Farinha de milho a gosto;

Cebola de folha picada a gosto;

Tempero de alho e sal a gosto;

Pimenta do reino.

Modo de fazer:

Faça os ovos mexidos com +/- 2 colheres de óleo e reserve. (É bom que os ovos mexidos fiquem bem esfarinhados e com um pouco de umidade).

Em seguida frite a linguiça cortada em cubos pequenos em pouco óleo, máximo 3 colheres, e retire da panela.

Na mesma panela com o óleo da linguiça, refogue o tempero com a cebola. Deixe a cebola fritar bem, mas não deixe torrar.

Acrescente a linguiça, a azeitona ou palmito e a pimenta do reino e misture bem. Em seguida coloque também os ovos e misture mais. Acrescente a pimenta biquinho, cebola de folha e misture mais um pouco. Por fim vá acrescentando a farinha de milho aos poucos e misturando até ficar com a textura e umidade que desejar.

Está pronto!

É uma ótima opção para acompanhar carne assada...

Como amenizar a queda de cabelo

10 março 2021

Os cabelos servem não somente para a proteção do crânio, mas também são um importante adorno para o rosto. Toda e qualquer alteração sofrida pelos cabelos e couro cabeludo acaba influenciando também a autoestima e personalidade da pessoa.


A queda de cabelo feminina pode surgir por diversos fatores, inclusive emocionais, como o estresse e a ansiedade. Consequentemente, a calvície feminina pode originar, ainda, outros problemas de ordem emocional, tornando esta situação uma verdadeira bola de neve.

Veja abaixo algumas dicas para tentar driblar o problema da queda de cabelo, mas vale lembrar que é sempre bom procurar um dermatologista, só ele será capaz de identificar e tratar o problema...





Reduza o seu estresse
O estresse pode ser um dos responsáveis pela queda do cabelo, já que interrompe o crescimento do fio. Além disso, alterações no sistema imunológico causam inflamações no couro cabeludo, o que afeta o nascimento de novos. A melhor forma de tratar essa causa é relaxar, praticar exercícios físicos e ter uma alimentação equilibrada.

 Use sempre condicionador 

Não deixe de usar condicionador ou creme após lavar o cabelo com xampu. Eles facilitam na hora de pentear, além de tratar as madeixas.

Mantenha o couro cabeludo sempre limpo 

É normal o cabelo cair durante o banho. O que não pode acontecer é deixar de lavar o cabelo porque a sujeira no couro cabeludo também pode causar a queda dos fios.

Faça exercícios físicos 

Praticar atividade física também faz bem à saúde dos cabelos. Quando se pratica exercícios, se libera endorfina, o que alivia o estresse e, consequentemente, diminui a perda dos fios.

Cuidado com o consumo excessivo de álcool 

O consumo de bebidas alcoólicas aumenta a produção de radicais livres que podem promover uma inflamação em alguns tecidos, principalmente do couro cabeludo. “Dependendo da inflamação, pode haver o aumento da queda de cabelo. Além disso, o álcool faz com que o corpo exija um esforço maior para metabolização do etanol, o que gera um desgaste no metabolismo levando à queda capilar”, alerta a médica.

 Evite o cigarro

O cigarro tem a capacidade de produzir radicais livres em nosso corpo, o que facilita a queda capilar.

Fique atenta a automedicação

A automedicação pode ser um fator desencadeante da queda capilar, assim como também pode causar sérios danos à saúde. Evite tomar remédios sem a prescrição do médico.

 Poupe o seu tempo e garanta resultados

Não confie em receitas milagrosas para tratar o problema de queda de cabelo. Se você notou a perda de fios, procure um dermatologista para avaliar as causas e indicar o melhor tratamento.

Problemas hormonais 

O estado nutricional do paciente é muito importante, através de uma boa alimentação é possível tratar a queda e repor as vitaminas necessárias. Já os problemas hormonais estão entre os fatores mais comuns de queda de cabelo. “No caso de alterações hormonais, inúmeras podem ser as possibilidades de diagnóstico e tratamento. Por isso, é importante procurar um profissional para tratar o problema antes que se agrave”, aconselha a dermatologista. O estado nutricional do paciente é muito importante, através de uma boa alimentação é possível tratar a queda de cabelo.

Controle a ansiedade 

A queda de cabelo não cessa da noite para o dia. Deixe a neurose de lado.
Quando o cabelo cai devido ao aumento dos níveis de ansiedade, é preciso tentar alterar o estilo de vida.