Os benefícios da acupuntura para a saúde

24 setembro 2018

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera o conceito de saúde como um estado completo de bem-estar físico, mental e social, isto quer dizer que a saúde não é apenas a ausência de doença.

Este conceito de saúde é o que deve ser adotado, de forma que o tratamento de saúde deve ser feito com uma abordagem integrada, deve-se tratar a pessoa, não a doença. A medicina tradicional costuma, ainda hoje, compreender o homem de forma segmentada, estudando seus sistemas separadamente e por isso, muitos médicos ainda atuam buscando tratar a doença, porém sabemos que o ser humano é um ser social e que o aspecto psicológico afeta o aspecto fisiológico e vice-versa.

Portanto, é a partir deste conceito que devemos pensar as práticas terapêuticas e seus efeitos. A acupuntura é uma prática terapêutica que beneficia diversos aspectos relacionados à saúde. Este artigo se propõe a apresentar os benefícios dela tanto para a saúde mental, como para a saúde física e para o aspecto social.

Conversamos com o Dr. Marcus Yu Bin Pai, médico especialista em acupuntura e dor, para aprendermos um pouco mais sobre este tratamento.


O que é a acupuntura?

Pode ser comum ouvir o termo no dia-a-dia, em conversas e relatos de pessoas que já passaram por este procedimento, ou mesmo acompanhar em filmes e textos. É comum também relacionar o termo a agulhas. O que não é errado, pois o termo acupuntura vem do latim “acus” que significa agulha e “punctura”, que significa colocar.

A acupuntura é, então, uma terapia cujo instrumento principal são finas agulhas colocadas em pontos estratégicos. Os princípios que embasam a prática vêm da medicina chinesa e sua história indica que seja uma prática milenar, chegada ao Brasil através dos imigrantes, em 1908.

Hoje a acupuntura é regulamentada como uma terapia alternativa para diversas profissões, como psicologia, fisioterapia e medicina, desde que os profissionais praticantes tenham especialização.

Benefícios da acupuntura para a saúde mental

Um dos princípios da medicina chinesa é o equilíbrio da energia vital, de forma que é o desequilíbrio de algum aspecto que desencadeia os problemas de saúde. Isto dialoga com o conceito de saúde da OMS.
Baseado nisso, é possível entender como a acupuntura pode contribuir com a saúde mental, isto é, esta terapia auxilia no equilíbrio da energia vital, trazendo bem-estar e com isso, contribui com o tratamento de ansiedade, estresse, fobias, síndrome do pânico, insônia, depressão, doenças psicossomáticas, bem como problemas cognitivos de atenção, concentração, dificuldade de aprendizagem, etc.
Como vimos, devemos considerar a saúde humana como algo integrado, por isso, o tratamento de questões aparentemente só físicas também envolve o aspecto psicológico, como obesidade, que envolvem questões emocionais muito intensas, como autoestima e compulsão; dores de cabeça, que interferem na qualidade de vida; dores de coluna e má postura que interferem no humor, entre outras.

Benefícios da acupuntura para a saúde física

São diversos os problemas de saúde cujos tratamentos envolvem o encaminhamento para o acupunturista, veja abaixo a lista das doenças que fazem os pacientes e os médicos procurarem a acupuntura:

-Doenças articulares: dores no joelho, na articulação do cotovelo, do punho, do tornozelo são motivos muito comuns na procura da terapia com agulhas;
-Dores de cabeça e enxaqueca: são doenças muito incapacitantes, muitas vezes causadas ou agravadas devido ao estresse, por isso, a acupuntura contribui reestabelecendo o equilíbrio, além disso, as agulhas provocam respostas neurológicas à dor;
-Tensão muscular: a prática terapêutica produz um efeito anti-inflamatório e analgésico, pois estimula respostas neurológicas, de forma que promove o relaxamento muscular, como os casos de torcicolo;
-Lombalgia e má postura: pessoas que convivem com dores na coluna, geralmente na lombar, acabam desenvolvendo uma postura curvada, o que aumenta os sintomas e as dores, a acupuntura auxilia na redução da dor e na correção postural.
Enfim, são diversas as condições de saúde que a acupuntura pode tratar, inclusive na prevenção de doenças e na participação de tratamento de lesões, no processo de emagrecimento, nos sintomas que não indicam doenças propriamente ditas (ex: TPM e cólica menstrual).

Benefícios da acupuntura no aspecto social

Como vimos há três grandes aspectos que se relacionam ao ser humano, até aqui vimos os benefícios da acupuntura para a saúde mental e física. Isto leva à indagação de como o aspecto social se relaciona com a saúde.
O aspecto social envolve desde o ambiente em que a pessoa está inserida, de forma que características deste ambiente pode interferir na saúde, seja em termos de higiene, infraestrutura, como o comportamento das pessoas, a forma de relação social e a cultura, tudo isso interfere na personalidade, na forma como a pessoa se cuida e como lida com os problemas de saúde.
Além disso, o aspecto social deve ser entendido não apenas como um fator de saúde, mas também deve se considerar as características sociais que são afetadas devido às condições de saúde, isto é, quando o indivíduo encara uma doença, sua vida social é diretamente afetada positiva e negativamente.
Com isso, a acupuntura ao beneficiar a saúde mental e física de forma integrada, ela beneficia indiretamente a sociedade como um todo.


*Esse post é um Publieditorial.