17 dezembro 2011

Projeto Verão: 15 dicas para cuidar da pele e se bronzear!


1) O período não indicado para exposição ao sol é das 10h às 16h (nas regiões com horário de verão, das 11h às 17h), porque há maior quantidade de radiação ultravioleta B. Os raios podem provocar queimadura, vermelhidão, envelhecimento precoce e até mesmo câncer de pele. Vale acrescentar que a quantidade de radiação ultraviolta A é igual durante todo o dia. Por isso, é necessário utilizar o protetor solar sempre.

2) O fator de proteção solar (FPS) mede a capacidade de proteção do filtro em relação à radiação ultravioleta B. Por exemplo, se uma pessoa que está sem protetor fica exposta ao sol e demora 10 minutos para ficar com a pele vermelha, ao aplicar um filtro FPS 15, levará 150 minutos para que o incômodo aconteça. Essa proporção existe para todos os fatores de proteção. Já contra os raios ultravioleta A, não há um padrão internacional. Muitos filtros possuem e apresentam um símbolo (+) ou a sigla PPD.

3) O filtro serve para proteger a pele contra a radiação ultravioleta B. Já o óleo bronzeador é um acelerador do bronzeado e não substitui o outro produto. Caso passe o óleo depois do protetor, haverá comprometimento na proteção.

4) É necessário espalhar o protetor solar 30 minutos antes da exposição ao sol e reaplicá-lo a cada duas horas. As marcas mais modernas já garantem proteção no exato momento da aplicação. Espalhe o filtro novamente ao sair da água.

5) O protetor solar deve ser aplicado no corpo inteiro, massageando a pele até que o produto seja completamente absorvido. As quantidades aproximadas são uma colher de chá para o rosto; uma colher de sopa, tronco e braços (frente); uma colher de sopa, braços e costas; uma colher de sopa, perna (frente); uma colher de sopa, perna (atrás).

6) Quando se toma sol, o bronzeado só começa a aparecer depois de 48 a 72 horas (quando o organismo começa a produzir a melanina). Por isso, nos primeiros dias, é preciso utilizar o filtro com fator elevado, de FPS 45 a FPS 60. À medida que a pele vai acostumando, é possível diminuir o fator.

7) A melanina de cada pessoa é um fator de proteção natural. A quantidade varia de acordo com o tipo de pele, numa escala de 1 a 6. Pele muito clara (1 e 2) necessita de filtro com FPS 60 todos os dias de exposição. Nunca bronzeia, só fica vermelha. A pele morena (3 e 4), nos primeiros dias, pede protetor com fator de FPS 45 a FPS 60. Conforme vai acostumando, pode diminuir, mas nunca investir em FPS menor que 30. Quem tem pele negra (5 e 6) deve manter o filtro entre o FPS 30 e 20 em todos os dias.

8) Chapéu, boné, guarda-sol e camiseta são alguns exemplos de proteções mecânicas para a pele. Dificultam a passagem da radiação solar, mas em nenhum momento substituem o filtro solar.

9) A esfoliação ajuda muito na duração do bronzeado. Esfolie o corpo alguns dias antes da exposição ao sol e repita a ação uma vez por semana durante o período em que estiver na praia ou à beira de uma piscina.

10) Hidrate o corpo frequentemente. Evite banhos muito quentes, porque ressecam a pele.

11) Na praia ou na piscina, o sal ou o cloro fica acumulado em maior proporção em algumas partes do corpo, o que pode atrapalhar na uniformidade do bronzeado. Sendo assim, é interessante tomar uma ducha de água doce de vez em quando. É que retira a maior parte de sal e cloro e, assim, garante uma cor homogênea.

12) Existem cápsulas que têm a função de homogeneizar e manter o bronzeado, além de aumentar a proteção da pele contra o sol. São ricas em licopeno, betacaroteno e vitamina C. Investir no produto não exclui a necessidade do uso do protetor solar.

13) Os autobronzeadores não causam mal à pele e podem ser utilizados antes da exposição ao sol. Provocam uma reação superficial, uma caramelização da pele. Após ficar sob o sol, uma boa pedida é fazer uma boa esfoliação para retirar os resíduos do autobronzeador e evitar possíveis manchas.

14) Não passe loção iluminadora antes da exposição ao sol, porque possui pequenos grãos dourados (chamados MICA), que impedem que o bronzeado fique homogêneo e dificultam a aplicação do protetor solar. Aposte nela depois que sair da praia.

15) Alimentos ricos em betacaroteno (cenoura, abóbora e laranja) contribuem para produção de melanina, por isso ajudam a manter o bronzeado. Os repletos de vitamina (acerola, caju e limão) e licopeno (melancia e tomate cozido) protegem contra a radiação e são antioxidantes. Todos devem ser consumidos uma semana antes da exposição ao sol.

6 .:

  1. Teu blog é uma graça!gostei daqui voltarei mais vezes,bjs

    ResponderExcluir
  2. Nossa que legal aqui! Ótimas dicas! Já virei seguidora viu?

    Beijos
    @girlteenvip
    http://girlteen-vip.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa, adorei as dicas, principalmente a 6, que eu não conhecia.
    beijos
    http://paposdegurias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. oi flor.. lindo seu cantinho =)
    primeira visitinha, mas já te sigo..
    dá uma passadinha lá no meu..
    beijinhos!!

    http://mundinhodevidro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Amei as dicas !


    Aproveitando para dizer que adorei seu blog e já virei seguidora ...


    siga-me de volta ?

    Bjus e bom domingo !


    Rosachoquemakeup.blogspoy.com

    ResponderExcluir
  6. Menina, eu nem uso protetor. Mas agora tenho que usar por conta das tattoos né?

    Bom domingão.
    BEIJO!

    ResponderExcluir

Gostou desse post?
Você pode deixar seu comentario, dúvidas e sugestões aqui!
Ou entre em contato pelo e-mail: tendenciasdicasetoques@gmail.com